Informações gerais sobre alergias. Este site não tem o objetivo de prestar consultas pela internet. Para tirar dúvidas, procure também www.asbairj.org.br e www.blogdaalergia.com

 

  “Tenho um resfriado que nunca acaba”, “meu filho tem gripes repetidas” e “vivo com sinusite” são queixas muito freqüentes nos consultórios de clínicos, pediatras, otorrinolaringologistas e alergistas. Sem dúvida alguma, a maioria destes adultos e crianças sofre de rinite alérgica, e ainda não sabe disso.

O sufixo ITE significa inflamação. Desta forma, rinite , nada mais é que a inflamação do tecido (mucosa) que reveste as cavidades nasais. Com muita freqüência, esta inflamação se estende ao revestimento dos seios da face (ou paranasais), configurando uma rinossinusite. A rinite ou rinossinusite pode ser aguda (p.ex. os resfriados e gripes são rinossinusites de causa viral que evoluem em alguns dias desde o início dos sintomas até a resolução do problema), mas também pode ser crônica. A rinite (ou rinossinusite) alérgica é um dos exemplos mais comuns de rinite/rinossinusite crônica, pois o problema pode durar semanas, meses ou até, e frequentemente, anos.

A freqüência da rinite alérgica aumentou nos últimos 20 anos, e hoje ela está entre as 5 doenças crônicas mais comuns, afetando entre 10 e 30% dos adultos e até 40% das crianças em todo o mundo.

MAS, RINITE ALÉRGICA É DOENÇA ?

Sim, com certeza. A rinite alérgica não mata, mas é uma doença que causa um grande impacto na qualidade de vida de quem sofre com ela, principalmente se os sintomas forem intensos e duradouros o bastante para alterar a qualidade do sono, o rendimento escolar ou no trabalho, a interação social e a prática de atividades físicas.

Além disso, a rinite alérgica nunca está sozinha. Em crianças ela facilita a ocorrência de otites recorrentes e crônicas, pode alterar a conformação da arcada dentária, da cavidade oral e até de toda a face (quando a criança só respira pela boca), e, em qualquer idade, está associada com conjuntivite alérgica, aumenta a ocorrência de resfriados (rinites virais), sinusites (virais ou bacterianas – aquelas que dão febre, catarro amarelo e requerem tratamento com antibióticos) e pode ser a porta de entrada facilitadora para o desenvolvimento de asma brônquica (muito chamada de bronqu ite alérgica).

Por tudo isso, a rinite alérgica, frequentemente menosprezada e não tratada adequadamente, causa uma série de outros problemas médicos e gera um custo financeiro para o seu tratamento muitas vezes enorme para cada paciente e sua família.

 COMO DIFERENCIAR A RINITE ALÉRGICA DA RINITE VIRAL?

 

RINITE ALÉRGICA

RESFRIADO / GRIPE

Sintomas

Coriza aquosa/transparente, espirros, coçeira e obstrução nasal, pode haver coçeira ocular e lacrimejamento

Semelhante a rinite alérgica, mas pode haver mal-estar, dores musculares e febre

Início/evolução

Imediatamente após a exposição aos agentes desencadeantes (poeira, animais, mofo) – crises

Se intensificam progressivamente em alguns dias após o contágio

Duração

Persistem enquanto houver exposição (como os agentes estão no domicílio, os sintomas tendem a ser contínuos ou muito freqüentes)

Alguns dias até uma semana

Relação com épocas do ano

Na maior parte do Brasil, persiste todo ano, com agravamento no outono / inverno

Mais comuns no outono e primavera (resfriados) e no inverno (gripe)

POR QUE ALGUÉM DESENVOLVE RINITE ALÉRGICA ?

Alergia significa hiperssensibilidade, ou seja, ser sensível demais às substâncias do meio ambiente que não fariam mal algum ao organismo. Essas substâncias, que chamamos de alérgenos (que provocam a resposta alérgica) estão na poeira doméstica, que é uma mistura de muitas coisas (ácaros, fungos, pelos e caspa de cães e gatos, restos de baratas, etc.).

O sistema imunitário da pessoa alérgica, que deveria se preocupar apenas com a defesa do organismo contra substâncias e agentes perigosos (p.ex. os vírus e bactérias), “perde tempo e energia” reagindo contra substâncias inócuas. Essa reação exagerada do organismo é que acaba sendo o problema, pois ela ocorre repetidamente nas vias aéreas, e leva a uma inflamação crônica alérgica (daí os termos rin ite , rinossinus ite , bronqu ite – que preferimos chamar de asma, e conjuntiv ite alérgicas).

A pessoa alérgica nasce com essa predisposição, que vem registrada nos seus genes (no DNA), herdados de seus pais. Por isso é muito comum que na família do alérgico, outras pessoas também tenham esse tipo de problema.

Se o indivíduo já está geneticamente preparado para reagir de forma exagerada, e convive em seu ambiente (em casa e/ou na escola/trabalho) com os agentes desencadeantes (alérgenos da poeira), acaba desenvolvendo esse processo inflamatório alérgico e crônico na vias aéreas superiores (no caso da rinite e rinossinusite) e/ou inferiores (no caso da asma brônquica). É “juntar a fome com a vontade de comer”.

Na maioria das vezes, esse processo acontece já nos primeiros anos de vida (por isso as alergias respiratórias são tão comuns nas crianças), mas, em muitos casos e dependendo das condições do ambiente, isso pode acontecer em qualquer idade. Não são raros os casos de pessoas que não tiveram problemas alérgicos respiratórios na infância, mas desenvolvem o problema na idade adulta por terem iniciado um trabalho em ambiente fechado e com muita poeira, ou por terem adquirido um animal de estimação.

COMO SABER SE O PROBLEMA É MESMO RINITE ALÉRGICA ?

Se você ou seu filho têm aqueles “resfriados que nunca acabam” ou “sinusites frequentes”, ou ainda se “vive de boca aberta e baba muito ou ronca quando dorme”, ou costuma “tossir sempre que vai deitar”, “vive com pigarro”, e “acorda frequentemente espirrando e com nariz entupido”, tudo isso pode ser devido a rinite alérgica.

Nesse caso, o melhor é consultar um especialista em alergia e imunologia de confiança, que pode ser recomendado pelo seu clínico ou pediatra. Além de coletar dados da história clínica e examinar atentamente em busca de sinais de alergia, o médico alergista poderá realizar testes na pele ou solicitar exames de sangue que confirmarão ou não a suspeita diagnóstica.

Isso é muito importante, pois não adianta só usar medicamentos para aliviar os sintomas de coriza, coçeira e espirros nas crises. Vários meses ou anos de rinite alérgica mal controlada poderão significar no futuro muitos tratamentos com antibióticos por otites e sinusites, problemas ortodônticos pelas alterações de arcada dentária e, até mesmo, o surgimento de asma brônquica, além de uma qualidade de vida ruim.

COMO É O TRATAMENTO DA RINITE ALÉRGICA ?

Em todos os casos será importante realizar medidas de controle ou higiene ambiental (medidas para controle ambiental) para reduzir o contato e a inalação das substâncias alergênicas da poeira doméstica. Em muitos casos também é necessário o uso de medicamentos para controle do processo inflamatório crônico das mucosas respiratórias, evitando a ocorrência de crises e o agravamento do problema.

Em casos selecionados, nos quais só o especialista em alergia e imunologia está treinado e capacitado a avaliar, poderá ser necessário o uso da imunoterapia (vacinas para doenças alérgicas), que é, até o momento, o único tratamento capaz de reduzir a hiperssensibilidade já existente (ou seja, a alergia propriamente dita), assim como para prevenir o surgimento de hiperssensibilidade a novos agentes desencadeantes.

Em outras palavras, o bom controle ambiental junto com a imunoterapia (vacinas), indicada e acompanhada pelo especialista, são a única forma eficaz de reduzir o que alimenta cronicamente o problema, que são os alérgenos da poeira e a hiperssensibilidade individual do indivíduo alérgico. Só assim é possível “tirar a lenha dessa fogueira”.

 

Eduardo Costa F. Silva

Especialista em Alergia e Imunopatologia pela ASBAI, Mestre em Imunologia Clínica pela UFRJ, Chefe do Setor de Alergia e Imunologia do H.U. Pedro Ernesto/UERJ

 

About these ads

Comentários em: "RINITE ALÉRGICA – O QUE É, QUAL A SUA IMPORTÂNCIA E COMO SE TRATA" (30)

  1. Emanuel disse:

    Aguem pode me ajudar, os meus sintomas são os seguintes:- dor de garganta;- dor nos ouvidos;- dor de cabeça.Obs.: Já fui à um médico otorrino, estou em observação. Fiz exames de sangue e tambémradiografias do peito e garganta. Nada amormal segudo o médico. Alguém pode me ajudar me dizendo o que posso fazer?Sinto que não estou melhorando. Devo procurar um médico especialista em alergias?

  2. Unknown disse:

    Procure um Otorrinolaringologista.

  3. Marta disse:

    OIEU TO ESTA SEMANA COM MUNHA GARGANTA CHEU ATÉ FECHAR FIQUEI SEM VOZTO TUSINDO MUITO E CHE ATÉ VOMITAR DEVIDO O TANTO QUE TUSSIJÁ FIZ OS MEUS IZAMES E CONTATOU QUE TNHO RINITMAS TEM UM POREM , ESTOU GARAVIDA SERÁ QUE POSSO TOMAR OS REMEDIOS QUE A MEDICA ME PASSOUESTOU DE 2 MESES DE GESTAÇÃOCOMO EU POSSO CUIDAR DESSE PROBLEMA EU NÃO DURMO NADA BEM Á NOITE .VC PODE ME REPONDER?

  4. Sandra disse:

    Estou passando por momentos muito estressante com minha filha q até então ñ tinha nada e agora apareceu desde maio com essa corisa q ñ é espelida presa q causa tosse chata a madrugada toda. Gastei em dois meses de tratamento mais de 10 remédios contra a tosse e nada funciona . Essa semana começou com o Allegra e parece q desencadeou mais a tosse e antibiótico q ñ secou a corisa. O q mais mata é a tosse de madrugada , coitada ñ dorme e fica irritada. Só com resa!! Algo para acalmar a tosse, por favor??? abraço.

  5. gislaine disse:

    qual é a melhor maneira de prevenção dos sintomas da crise por exemplo como posso esta prevenindo a minha casa e eu mesma dessas poeiras etc.. o que ter dentro de casa e não ter para que não aja essas crises.qual é o melhor remedio para que possamos tomar para passar a crise e onde posso tomar esta vacina . gostaria de saber se aquele remedio loratadina é bom mesmo para a renite alergica muito obrigada pela atenção.

  6. Thiago disse:

    Cara, voce disse tudo agora. Eu sofro muito, muito, muito com isso. A poeira de casa é o principal agravante, nariz parece uma cachoeira e nao para nunca, só quando durmo. Isso tem feito minha qualidade de vida um lixo, eo pior, trabalho no ar condicionado de 8 a 10 horas por dia. Vivo com isso desde criança hoje tenho 20 anos e ainda nao me livrei disso. O que me recomenda? Abços.

  7. Carmen Julia disse:

    Sofro com rinite ha 20 anos, Já fiz inúmeros tratamentos e cheguei a conclusão que rinite alergica não tem cura, tem apenas contrôle. Mas uma coisa que ameniza bem os sintomas é a prática de exercicios fisicos, depois que aderi aos exercicios minhas crises acabaram completamente, mas ainda sinto dor muscular e de cabeça qd ela ataca. Aprendí a conviver com ela e ela por sua vez aprendeu a me conhecer melhor….rsss , estamos nos entendendo bem.

  8. Nossa, adorei as informações.Minha sobrinha foi diagnóstica a pouco tempo com rinite alérgica e também está com conjuntivite. E foi levada em outra pediatra e ela está suspeitando que minha sobrinha esteja com princípio de pneumonia. Tudo por causa de uma gripe mal curada.Que horror.!!!!! Seu blog é muito informativo, Meus parabéns.

  9. leandro disse:

    minha filha tem 4 anos.fiz tratamento c vacinas q durou 1 ano e meio e n~vi resultado . qdo chega esse bendito outono/inverno tudo começa novamente.e o q + me deixa nervosa são as tosses q faço de tudo e ela n~para.as x dá uma melhorada depois q ela consegue vomitar e colocar aquela gosma pra fora!!!!help!já usei kóide d, desloratadina,decongex,conidrin …vc me sugere o q??????/

  10. Ana Cristina disse:

    Oi meu filho está com tosse alérgica a uns 6 meses já tomou LORATADINA resolveu enquanto estava tomando depois voltou a tosse, essa tosse dele é só de dia quando corre é pior ñ pode nem jogar bola é uma criança de 11 anos, a noite ele dorme muito bem… gostaria de ajuda o q devo fazer ? Ana Cristina

  11. Gutemberg disse:

    tenho 57 anos tudo começou com a lingua sentindo a agua mais gelada logo en sequida os pes e mãos suando depois vei a corseira por todo o corpo e desenteria que passa e volta en questam de dias

  12. laudjane disse:

    a minha filha tem 4 anos e ja faz um ano que tem uma tosse que é constante estou passando elas em um pneumologista e ele falou que ela tem uma asma leve mas ela não se cansa o que encomoda é essa tosse com catarro que não vai embora de jeito nenhum todos os dias ela tosse com catarro amarelado o que pode ser sera que é msm uma asma ? me ajudem pois ja não sei mais o que fazer

  13. ana paula disse:

    alguem pode mimi ajudar, por favor estou expirando muito e o nariz entupido isso acontecer constatemente oque faço.

  14. Geofania disse:

    Nossa doutor e exatamente o que a minha filha de 7 anos sente,foi pedido pelo medico um exame de lactose mais deunegativo,ela comecou com essa alergia quando tinha 2 anos de idade,esta com imunidade baixa e nos exames dela deu alterações no sangue por causa de muito antibioticos que ela tomou,ele mesmo assim tirou o leite dela por 2 meses,mais n sei mais o que fazer os remedios são muito caros,sera que tem como mim dizer o que fazer,porque cada hora e uma coisa que temos que fazer é como todos falaram ai a tosse e o que mais emcomoda a ela e a todos,e gostaria de saber a respeito dela esta lavando a cabeça quando esta com muita tosse pode ou n pode ficar molhando a cabeça? obrigada.

  15. rosi disse:

    Doutor, gostaria de saber oque eu faço? Eu fiz uma cirurgia de adenóide e amídalas quando tinha 7 anos de idade. Mas não melhorou em nada, e poso dizer que fazem 20 anos que sofro com a minha alergia . Meu nariz é entupido frequentemente, e por isso uso um descongestionante que o médico me passou quando fiz a cirurgia, todos os dias (várias vezes ao dia), pois não aguento ficar passando mal, Já viciei nele, chama-se "otrivina", e mal dá pra uma semana cada vidro, e quando ataca demais a alergia eu tomo o istamin. E sempre falarão pra mim, que eu ficava ruim assim porque minha adenóide tinha voltado. Mas resolvi ir atráz para ver se era isso mesmo. Fiz um raio-x, e não deu nada disso. ( deu rinite crónica, sinusite e um desvio septo nasal), e queria saber oque eu faço não aguento mais essa vida. O médico me pediu uma vídeo-endoscopia naso-sinusal c/ótica rígida/flex, pra ver esse desvio. mas me disse que posso fazer uma cirurgia para retirar esse desvio , mas que não iria melhorar muito, só aliviaria o entupimento um pouco do lado que deu o desvio(lado direito).Então ainda não fiz esse exame, porque pensei pra que fazer uma cirugia se não vai adiantar nada, e também fiquei com um pouco de medo de fazer esse exame. Doutor me diga oq fazer?

  16. Robson nogueira disse:

    Tenho rinite alergica e ja tentei de um tudo, pelo amor a deus se alguma alma caridosa tenha uma soluçao, melhor um remedio ou tratamento natural…..

  17. Paula Monteiro disse:

    Li e gostei muito, conheci novos conhecimentos por não ter noção desta doença.
    Tenho um filho de 9 anos e está com esse problema está a ser seguido pelo o hospital.
    Parabéns a toda a equipa que escreveu, o meu muito obrigada.

    Paula

    • Paula, por incrivel que pareça sou um só escrevendo e respondendo a vocês. Fico feliz por estar sendo útil e agradeço os parabéns.

  18. adrini maise disse:

    parabens!

  19. Kátia Regina disse:

    Tenho uma filha de 2 anos e oito meses, ela tossindo muito, deu amidalite, tomou varias vezes adibiotico e antialergicos, melhora quando ta medicada, acaba o remedio volta tudo de novo, um atosse que incomoda, o que devo fazer?

    • KAtia, ela pode ter alergia respiratória (p.ex. rinite), respirar muito pela boca por que o nariz está sempre entupido e, por isso, ter infecções repetidas de garganta. Ela precisa avaliar se tem alergia e tratar o quadro alergico.

  20. Boa tarde, estou com renite vasomotora, gostaria de saber mais sobre.

    • A rinite vasomotora, também chamada de idiopática, não tem causa estabelecida. Parece rinite alérgica, mas os fatores desencadeantes dos sintomas são principalmente alterações de temperatura e umidade do ar. É provável que decorra de alterações no controle dos vasos sanguíneos da mucosa nasal. Procure um médico (ORL ou alergista) para avaliar seu quadro. IMportante é não usar vasoconstrictores nasais repetidamente, pois eles agravam o problema.

  21. Eunice Silva Marcal disse:

    Tenho rinte cronica, e a anos tive asma chegava sofrer apneia noturna até 5 vezes na noite,entao médico me receitou alguns remedio como aerolim, serevent e outro q nao me lembro,mas passei mal e descontinueio tramento, foi entoa q li em um livro de receitas naturais tipo de A a Z, e encontrei uma receita para usar o mel em favo mastigando -o varias vezes ao dia e tomei propolis em jejum por 6 meses, tive grande melhora e retornando ao medico fiz noveexame expirometria e nao tinha mas asma, a medico ficou asustada dizendo q nunca viu ninguém com asma tao forte ser curada, e me perguntou qual o santo q fez o milagre eu disse , ela disse muito bom vc nao tem nada mais está de alta.
    Só q anos uso a gelia real pura em jejum e isso me ajuda no controle da rinite tbm pratico natacao 3 vezes por semana e as vezes tenho crise rinitica 1 vez ao ano e as vezes fico até 2 anos sem ter crise.acredito nesse tratamento q fiz sinto me muito bém.

  22. lucia disse:

    meu filho quando naicel cancado eteve que fica naicubadora niguem falol oque ele tinha so dise que na hora do parto ele engoliu sangue e que tive discolamento de plasenta so isso pos hoje sofro por meu filho fica doente senpre com resfriado os olhos lacrimeja esai uma masa amarelada do tipo remela a pediatra dele disque ele tem rinit e que por ele ser muito bebe ainda ele nao pode toma medicamento para esse tipó de alergia so falou pra mim da charope caseiro o que devo faser procura um alergista para ver oque realmente meu filho tem.

    • Lucia, não sei a idade do seu filho, mas o que aconteceu no parto não é causa de alergia. Crianças de meses podem ter uma “rinite” natural, por falta de amadurecimento das funções nasais. Se for isso, o pediatra pode orientá-la adequadamente e tende a melhorar.

  23. Izabela de Sousa Moraes disse:

    Meu filho tem 5anos ele sempre teve tosse seca,mas agora o nariz dele entope e ele fica com falta de ar ; ate consegui tossi e soltar o catarro o que fazer?

  24. carlos oribka disse:

    BOM DEVIDO O MEU PROBLEMA QUE ESTOU PASSANDO ,ISSO A VARIOS ANOS COM SINTOMAS INGUAL A ESSES QUE FALA SOBRE A RENITE ALERGICA ,FICO CIENTE QUE É ISSO QUE ESTÁ ME IRRITANDO COMPROMETENDO MEU DESEMPENHO FISICO E PISCOLOGICO TOMANDO REMEDIO E NADA QUE RESOLVA ESSA SITUAÇAO. ESTOU COM RENITE NAO RESTA DUVIDA .NAO CONCIGO MAIS TRABALHAR DIREITO DEVIDO A POEIRA QUE TEM LA NA METALURGICA ESPIRO O TEMPO TODO COM PIGARO NARIZ ENTUPIDO DOR NOS OLHOS EM UM LOCAL DA CABEÇA FRONTAL .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 32 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: