Informações gerais sobre alergias. Este site não tem o objetivo de prestar consultas pela internet. Para tirar dúvidas, procure também www.asbairj.org.br e www.blogdaalergia.com

ESPECIALISTAS ESCLARECEM O PAPEL DE 15 PRÁTICAS DIFERENTES
ASSOCIADAS AO REJUVENESCIMENTO, OU AO RETARDO DO ENVELHICIMENTO
(da Folha On Line, 13/12/2006)
COMENTÁRIOS ADICIONADOS EM AZUL POR EDUARDO COSTA
 
 
Medo, orgulho, estranheza, tranqüilidade, paz. Um leque de sentimentos diversos costuma acompanhar a chegada da velhice. Alguns deles se tornarão determinantes, fazendo com que essa etapa da vida seja encarada com naturalidade por uns e com receio por outros.

Numa época de prateleiras lotadas de cosméticos que prometem apagar os traços da idade, de pílulas que sugerem a retomada do vigor sexual da juventude, de cirurgias que esculpem corpos e rostos para que vençam o tempo, o que passou a significar, afinal, envelhecer?

De um lado, autores ancorados em inovações tecnológicas anunciam que, num tempo não muito distante, será possível recorrer a milhares de ferramentas para driblar o envelhecimento e sua indesejável "decrepitude". Do outro, geriatras enfatizam que não há fórmula nenhuma que permita não envelhecer e que, portanto, o melhor caminho a ser trilhado é manter a preocupação de simplesmente envelhecer bem.

No meio das duas correntes, fios de cabelos brancos despontam numa geração de homens e mulheres que se deparam com uma expectativa de vida cada vez maior. E, em busca de atalhos para alcançar a satisfação naquela que tradicionalmente ficou conhecida como "a idade da sabedoria", não são poucos os riscos de se deparar com promessas infundadas e com muito charlatanismo.

ISSO REJUVENESCE?

1. Vitamina C:
Não. Assim como todas a vitaminas, a C faz parte de um complexo que protege da ação dos radicais livres – causadores das doenças degenerativas. A suplementação vitamínica previne distúrbios, mas o excesso predispõe ao surgimento de cálculos renais. Já o uso tópico de vitamina C de fato combate o envelhecimento da pele. O uso de vitamina C por via oral em altas doses pode ter efeito imunoestimulador, mas deve ser feito por curto período e sob orientação médica.

2. Reposição Hormonal: Não. A reposição hormonal não é um método para "frear" o envelhecimento nem é recomendada a todos. Cerca de 80% das mulheres precisam de reposição hormonal, 20% não. Já entre os homens, apenas 30% devem recorrer ao método.

3. Ioga:
Sim. A prática incrementa a flexibilidade da coluna, que tende a ficar mais rígida com o passar dos anos. O aspecto de juventude está muito ligado à mobilidade, e quem tem a coluna mais flexível está mais apto continuar usando o corpo como quer -para dirigir ou para amarrar os próprios sapatos, por exemplo. As posturas inversas (feitas com a cabeça abaixo do coração) beneficiam a pele, e os exercícios de respiração melhoram o humor.

4. Leite de soja:
Não. A eficiência do consumo depende da forma como ele ocorre na dieta. Quem come soja a vida inteira se beneficia das propriedades dela. Já quem começa a beber um copo diário de leite de soja aos 50 anos só está se enganando.

5. Tomate: Não. O tomate contém licopeno, um agente antioxidante que contribui para a prevenção dos processos degenerativos que caracterizam o envelhecimento. Mas é preciso comer tomate todo dia por muitos anos para que isso faça diferença, e a eficiência dessa contribuição alimentar ainda não foi mensurada por nenhum estudo científico. Manter uma dieta balanceada já é uma atitude preventiva.

6. Qualidade de vida:
Sim. Quem evita trabalhar de segunda a segunda se protege do envelhecimento acelerado. A razão é simples: essas pessoas costumam assumir também posturas preventivas de saúde, encontrando tempo para praticar atividades físicas, combatendo o estresse, alimentando-se melhor e não se privando de horas de sono. Costumam também aderir à medicina de prevenção, cuidando-se antes de os problemas acontecerem

7. Cápsulas rejuvenescedoras da pele:
Não. Também conhecidas como "pílulas da beleza", as versões mais recentes dessas cápsulas prometem rejuvenescimento mais eficiente da pele ao ingeri-las. Mas o que os estudos apontam é que, para combater o envelhecimento da pele, a aplicação tópica de substâncias como o ácido retinóico e a vitamina C tem efeito superior do que a ingestão de remédios

8. Demae:
Não. O efeito do Demae (Dimetil-aminoetanol) é cosmético. Após aplicá-lo, as células sofrem uma contratura, que se torna perceptível em 20 minutos. Não atua como tratamento, e sim como um coadjuvante

9. Dormir muito:
Não. Ao contrário do que muitos pensam, quem dorme muitas horas por noite não mantém a aparência mais jovem por isso. De acordo com os especialistas, mais importante do que dormir muito é dormir bem. Quem acorda várias vezes durante a noite, tem pesadelos, apnéia (interrupção da respiração) e costuma levantar cansado, não está dormindo bem. Pessoas ansiosas tendem a ter esse tipo de sono. Pessoas obesas e que roncam muito também podem ter este problema e devem procurar um especialista.

ISSO ENVELHECE?

10. Preocupação:
Não. A máxima popular de que preocupação dá rugas e cabelos brancos não tem fundamento científico, afirmam os especialistas. Para eles, não há relação direta entre excesso de preocupação e aparecimento precoce desses sinais: o branqueamento dos pelos está mais ligado à predisposição genética, e as rugas têm relação com a exposição solar e as expressões faciais. O que se sabe é que o estresse, de maneira geral, leva ao envelhecimento indireto.

11. Predisposição genética:
Sim. A genética é um componente determinante na manifestação dos sinais do tempo, mas não é o único. Ela se soma a heranças ambientais, como o estilo de vida, a exposição solar e a dieta.

12. Sol:
Sim. O efeito envelhecedor da exposição solar inadequada é comprovado e reconhecido. Os raios solares promovem alterações tão sérias nas células da pele que, quando examinadas microscopicamente, chegam a apresentar aparência de 15 anos a mais que a idade real, e podem levar a estágios précancerosos. Vale lembrar, porém, que tomar sol é importante na prevenção de doenças como a osteoporose. O melhor então é preferir o sol antes das 10h e depois das 15h, quando a ação dos raios ultra-violeta é menor, e sempre usar protetores solares adequados ao seu tipo de pele.

13. Cigarro:
Sim. Além do risco cancerígeno, as diversas substâncias tóxicas presentes no cigarro têm forte efeito oxidante e aceleram o envelhecimento do organismo, degradando células e dificultando uma série de reações corriqueiras no corpo. Assim, embora se fale muito do aspecto envelhecido da pele dos fumantes, os especialistas alertam para o envelhecimento orgânico causado pelo cigarro, que é ainda mais perigoso. Do ponto de visto imunitário, o cigarro reduz a atividade dos macrófagos (células de defesa) e reduz a atividade dos cílios do tecido que reveste as vias aéreas, prejudicando os mecanismos de defesa naturais do aparelho respiratório.

14. Dietas calóricas:
Sim. Essa é uma das informações mais bem-definidas pela ciência em relação ao envelhecimento até agora: dietas baseadas na restrição calórica de fato fazem com que os seres vivos envelheçam mais devagar. Descobertas recentes comprovam que o envelhecimento é um processo inflamatório microscópico de células, e que o consumo elevado e contínuo de calorias leva o organismo a produzir mais substâncias infamatórias naturais. Não só a quantidade de calorias é importante, mas também a qualidade delas. P. ex., as  carnes vermelhas gordurosas são ricas em gorduras saturadas, e produtos industrializados como margarinas, batatas chips e outros possuem gorduras trans-saturadas que, em excesso, colaboram para o processo de ateroesclerose, causador de doenças cerebro-vasculares, cardíacas e renais. Por outro lado, peixes gordurosos (ex. salmão), azeite de oliva virgem, amendoim e nozes são ricos em acidos omega-3 e gorduras mono-insaturadas, que colaboram para um perfil de lipídeos sanguíneos (colesterol, etc.) mais saudável. MaAs lembre-se, gordura demais, seja boa ou má para o sistema cardiovascular, engorda de qualquer maneira. Assim, balancear a dieta com carbohidratos e proteínas é fundamental.

15. Sedentarismo:
Sim. A partir dos 40 anos, quem não faz atividade física perde gradativamente a força muscular e a flexibilidade. Conseqüentemente, corre mais risco de desenvolver doenças como osteoporose e artrose. Mesmo para quem foi sedentário durante toda a vida, nunca é tarde para começar (mas é importante fazer uma avaliação clínico-cardiológica antes de iniciar, para evitar surpresas desagradáveis). Os benefícios do exercício são perceptíveis: as articulações se tornam mais lubrificadas e ganha-se mais mobilidade nas tarefas cotidianas. Além disso, o exercício regular, de preferência aeróbico, melhora a função cardio-respiratória e aumenta a liberação de endorfinas, substâncias naturais produzidas pelo sistema nervoso central, que dão sensação de bem-estar. Viva melhor se exercitando.

Em resumo, como já sinalizado no início desta matéria, ENVELHECER BEM é o segredo, e isso inclui uma dieta saudável, aproveitar o sol de forma adequada, exercitar-se e ter uma atitude positiva e pro-ativa no seu dia-a-dia, o que inclue respeito a si próprio, aos outros e ao meio ambiente.

Anúncios

Comentários em: "15 VERDADES SOBRE COMBATE AO ENVELHECIMENTO" (4)

  1. VALÉRIA disse:

    ERA O QUE EU PRECISAVA….

  2. Batista disse:

    Gostei muito da materia. Uma das grandes dificuldades para seguirmos todos esses procedimentos esta ligada a disciplina. O mundo de hoje dificulta ainda mais conseguirmos essa disciplina e tornar todos esses procedimentos um habito. Eu diria que muitos de nos nos tornamos escravos das tecnologias e da (mass media) mídia.

  3. Junior Pimenta disse:

    gostei muito desse site…eu tenho intenções de contribuir com pesquisas cientificas ………tenho feito algumas experiencias comigo mesmo
    e gostaria de confrontar com quem interessa pelo tema…….

    Bom o legal é que tenho conseguido ao longo dos anos resultados muito interessante….
    se caso alguem desse site pretende trocar experiencias….estou a disposição no e-mail :

    juniorescritor@hotmail.com…………Abraço………..boa sorte a todos……..

    Junior Pimenta

  4. herson ribeiro disse:

    tenho 28 anos de idade, todo mundo fala q tenho 20, minha mãe tem 50, e todo mundo
    fala que ela tem 40, e toda minha família é assim, acho que é genético, meu vò tem 90
    e ta bem até hoje, e as minhas bisavô chegaram a viver até os 100 anos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: